sábado, 5 de setembro de 2009

OS SERVOS DE DEUS (Taylor Caldwell)

Uma das obras mais bonitas da Autora. Independentemente de religião, o livro toca o coração do leitor de forma suave. Um livro que deve fazer parte das leituras de qualquer pessoa em qualquer idade. Não tem a pretensão de converter ou mesmo de querer explicar Deus para ninguém. Vi muitas pessoas ficarem embasbacadas com livros como "A Cabana", mas isso é porque tais pessoas não conheceram esta obra de Taylor Caldwell, assim como não conheceram "Só Ele ouve" (fiz um comentário sobre esta obra aqui no blog), ou "Médico de homens e de almas", todos de T.C. Obras como essas acima citadas tornam o leitor bastante seletivo, a ponto de não encontrar nada grandioso em livros como "A Cabana". "Os servos de Deus" é um livro que realmente vale a pena conhecer, tanto quanto as demais obras da Autora.
SINOPSE:
Os servos de Deus não conta a história de heróis de um passado distante. Nesta obra, a autora fala dos apóstolos de nosso tempo, os padres que enfrentam toda a sorte de dificuldades para levar a palavra de Deus para todos os cantos do mundo.
São onze episódios de fé e devoção que emocionaram milhões de leitores e ajudaram a consagrar Taylor Caldwell como uma das maiores e mais populares escritoras do século XX.

7 comentários:

  1. Médico de homens e de almas e O grande amigo de Deus, são os livros mais lindos que eu já li até hoje.

    ResponderExcluir
  2. Os Servos de Deus,é um livro que nos toca no coração, e mostra a verdadeira essência do sacerdote. Muitos dizem que não precisamos de ninguém que nos conduza até Deus, mas a necessidade de termos essas pessoas que vivem intensamente os ensinamentos de Jesus Cristo, é muito clara e inspiradora.

    ResponderExcluir
  3. Que bom encontrar alguém que se identifica comigo nas leituras.
    Ainda não li Os servos de Deus mas me embeveci lendo Médico de Homens e de Almas. O Sari Vermelho foi muito interessante por falar em Indira Ghandi e conhecer os meandros da política indiana, porém, do mesmo autor, Paixão India conta a história de amor verdadeira de um marajá por uma espanhola que se tornou princesa de Kapurthala, no século passado. Também vi que aguardando na estante está a Casa das Orquídeas, um livro que prende a nossa atenção do início ao fim, bem inesperado. Enfim, estarei sempre aqui conversando com você. Adorei o blog.

    ResponderExcluir
  4. Seja sempre muito bem vinda Miriam. Agradeço o elogio e também seus comentários. É muito bom receber indicações de leitores, auxilia na hora da indecisão... Beijos

    ResponderExcluir
  5. Há muito que acho Médico de Homens e Almas um dos melhores livros que já li. Um Pilar de Ferro, dessa autora, conta se história de Cícero. Simplesmente maravilhoso ...

    ResponderExcluir
  6. Lucas, Médico de Homens e Almas, segundo a autora, levou 46 anos para ser publicado.Com certeza é um dos melhres livros que já li em toda a minha vida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a história de Lucas, ou Lucano, é uma das bonitas narrativas da autora. Não sabia do detalhe quanto ao tempo de publicação, mas, de qualquer forma, só tenho a agradecer o prazer de uma leitura assim gratificante.

      Excluir

Agradeço seu comentário. Peço a gentileza de observar as regras de urbanidade e respeito.